Verificações Gerais da Vítima

Imprimir
E-mail

Categoria: Primeiros socorros

 

• • AVALIAÇÃO PRIMÁRIA • •

O atendimento inicial num acidente tie trânsito com vítimas são os primeiros cuidados que devem ser tomados procurando mantê-la em condições de esperar o médico.

Dê prioridade de atendimento às vitimas que correm maior risco de morte.

Mas, lembre-se, você não é um profissional de socorro, por isso deve se limitar a fazer o mínimo necessário com a vítima.

Mas se a vítima estiver com impossibilidade de respirar, ou se houver perigos imediatos como incêndio, perigo de queda do veículo, ou seja, desde que esteja presente algum risco incontrolável, e você se sentir seguro para isso; inicialmente devemos avaliar os sinais vitais da vítima (se houver risco imediato) seguindo os procedimentos:

vias aéreas e coluna cervical 

- respiração

- circulação

- nível de consciência

- exposição e proteção da vítima

DESOBSTRUIR AS VIAS AÉREAS E MANTER O CONTROLE DA COLUNA CERVICAL

O acesso às vias aéreas tem prioridade se a vítima estiver com impossibilidade de respirar, poderá ir a óbito em questão de minutos, ou ter danos irreversíveis no cérebro.

Se houver obstrução na passagem do ar, aja de imediato:

•Abra a boca da vítima, com os dedos, remova dentaduras, próteses, restos de alimentos, sangue, líquidos e outros objetos que possam estar impedindo a perfeita respiração;

•Posicione corretamente a cabeça, com o queixo levemente erguido, facilite a respiração. Porém deve-se tomar cuidado com a possibilidade de fratura da coluna cervical;

- respiração

respiracao

Aproxime-se do acidentado ouvindo a boca e o nariz, verificando se há respiração, devendo também observar os movimentos de respiração do tórax e abdômen.

Quando a vítima estiver apresentando sinais claros que tem dificuldade de respirar, você deve deitar a vítima de costas e afrouxar suas roupas. Caso não haja respiração devemos iniciar os procedimentos de parada cardiorespiratória com aplicação das técnicas de respiração artificial.

Na parada respiratória não devemos esperar o médico para prestar os primeiros socorros. Tome as providências que aprendeu no treinamento prático.

 

 

 

 

- CIRCULAÇÃO

circulacao

A tomada de pulsação fornece importantes informações sobre a vítima; se o pulso está fraco e a pele pálida, por exemplo, com os lábios arroxeados, pode ser sinal de estado de choque, o que pode levar a vítima ao óbito.

Se não houver pulso, temos provavelmente uma parada cardiorres-piratória.

A maneira de tomar a pulsação é colocar 2 dedos na artéria radial, que fica no início do pulso, bem na base do polegar ou na artéria carótida, que

fica na base do pescoço, entre o músculo e a traquéia.

 

 

 

 

- ESTADO DE CONSCIÊNCIA

primeirossocorros2 

O primeiro cuidado que se deve tomar com a pessoa inconsciente é desconfiar de fratura na coluna cervical.

Para verificar o nível de consciência devemos: •Verificar se a vítima se comunica. Se ela não estiver se comunicando, veja se reage ao toque ou a dor;

•Se a vítima estiver inconsciente mas respirando, não devemos deixá-la de costas, para evitar asfixia ou afogamento;

•Se a vítima estiver consciente, converse com ela, pergunte se sente dores no pescoço ou na coluna, e se está sentindo as pernas e braços, para ver se há suspeita de fratura na coluna.

 

 PROTEÇÃO DA VÍTIMA

primeirossocorros3Verifique se há outras lesões na vítima, tais como fraturas, cortes, deslocamentos, contusões, entorse ou luxação, evitando movimentar o acidentado.

Devemos manter a vítima deitada e aquecida com cobertores e roupas para evitar a perda do calor vital que é muito rápida.

Feita rapidamente a avaliação primária, que visa manter os sinais vitais, deve-se fazer um novo exame para verificar a extensão dos ferimentos encontrados, perda de sangue, fraturas e outras lesões, devendo iniciar de imediato os seus cuidados.

Newsletter

Nome:
Email:
Lista:
Autoescola Capra

Mais Pesquisados

Travessia das Balsas

DERSA